terça-feira, 12 de agosto de 2008

E tu, o que trouxeste do Sudoeste?

Têm dado na TV vários anúncios da TMN nos quais fica a seguinte pergunta no ar: "E tu, o que vais trazer do Sudoeste?". Num deles mostra um gajo que tenta sacudir pulgas que apanhou no festival. Este trouxe pulgas, mas acho que deixou lá os ossos porque nenhum ser humano dança daquela maneira...Enquanto se sacode, encontra uma rapariga que também anda à procura dos seus ossos e passa-lhe algumas pulgas para ela, digamos que, como prova de amor ou deixa de engate e ficam os dois juntos a sacudirem-se numa espécie de ritual de acasalamento. Vejam o vídeo:



Outro anúncio mostra um saco cama a rebolar no passeio, a rebolar a atravessar a estrada, a rebolar por todo o lado. No interior do saco cama está um casal que apenas tiveram dinheiro para um saco cama e por isso têm que dormir os dois no mesmo! Estes foram até ao festival de carro mas decidiram regressar de saco cama porque é um veículo mais amigo do ambiente (excepto quando rebola por cima de plantas em vias de extinção). Vejam o vídeo:



Era escusado dizer isto, mas vou fazê-lo na mesma: tanto um anúncio como o outro são maus e prejudicaram as receitas com o Festival já que muitos pais ao verem que os seus filhos poderiam ir para lá dançar daquela forma ou até dormirem em sacos cama decidiram não os deixar ir!

Mas nem todos trouxeram pulgas ou sacos camas... A grande maioria das pessoas trouxe pó. Uns trouxeram no nariz, outros nos carros, outros ainda trouxeram no nariz e nos carros também. A prova disso foi que nos últimos dias tem-se assistido a um aumento de carros amarelos nas estradas portuguesas, principalmente na A2! Uns porque ficaram com os carros sujos de pó amarelo provocado pela passagem de outros carros nos parques de estacionamento de terra batida do festival; Outros porque snifaram tanto pó branco que acharam que ter carros amarelos era bonito. A brigada de trânsito deu também por este acontecimento e começou a mandar parar nas operações STOP apenas os carros amarelos para procederem à fiscalização de substâncias proibidas.

1 comentário:

Paulo Sempre disse...

Então, assim, muitos trouxeram "multas" para pagar. Não será, certamente, a forma de lembrar, todo o ano, o «Sudoeste».


Abraço

PS: Também lá estive.