sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Queixas contra Gato Fedorento: Portátil Magalhães

Na edição do dia 19 de Outubro do programa “Zé Carlos”, os Gato Fedorento passaram um sketch sobre a introdução do portátil Magalhães na religião. Enquanto o governo introduzia as novas tecnologias na educação, os Gato Fedorento introduziam-nas na religião. Vejam o vídeo:



Esta inovação não foi bem aceite por parte da população religiosa portuguesa já que foram apresentadas 50 queixas contra eles na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Dessas 50 queixas, 49 foram apresentadas pela mesma pessoa, e 1 foi apresentada por engano contra os Gato Fedorento, já que era dirigida ao programa “A Voz do Cidadão” do Provedor do Telespectador que passa na RTP. Ao que pude apurar, a razão das 49 queixas efectuadas deveu-se à dificuldade que o telespectador em causa teve quando tentou instalar um software chamado “Catequese para Totós” no seu portátil Magalhães. Ele pretendia efectuar a instalação engolindo o CD de instalação, tal como era demonstrado no sketch. O telespectador ainda tentou fazer isso 49 vezes, engasgando-se em todas elas, até que decidiu fazer 49 queixas, alegando que o vídeo de formação que os Gato Fedorento tinham feito era enganador e não conseguia instalar qualquer software daquela forma.

2 comentários:

coisasparvas disse...

LOOOOOOOOOOOOL
Não sabia que tinham feito queixas contra eles .. xD

Joe Bernard disse...

A D O R E I o seu comentário.Nem mais.
Só podia ter sido oque descreveu.
Parabéns.