quarta-feira, 30 de julho de 2008

Portátil Magalhães



No outro dia ouvi nas notícias que iria nascer um portátil 100% português que seria distribuído a todos os miúdos da primária a baixo preço (sendo grátis para os mais necessitados) com o nome de Magalhães. Eu pensei logo: “Será que amanhã vai chover ou vai estar vento?”. Afinal, hoje no dia da inauguração disseram que a ideia era da Intel e que apenas seria montado cá, ou seja o portátil é apenas 98,762982% português… daqui a 3 ou 4 dias irá ser descoberto que afinal apenas dois dos parafusos do portátil foram vistos por um português, que reside nos Estados Unidos da América, numa viagem de estudo a uma drogaria de um mexicano. Daqui a um mês virá a público toda a verdade, ou seja, o portátil é 110% americano e nem será usado nas escolas do primeiro ciclo portuguesas.

Falemos então um pouco das características deste portátil:
  • Dá para levar de um lado para o outro e até tem uma pega e tudo;
  • É resistente a salpicos e a quedas desde que esteja afastado alguns metros de zonas húmidas e que esteja devidamente acondicionado em cima de uma mesa que tenha as pernas todas do mesmo tamanho e niveladas;
  • É ergonómico, tendo umas linhas curvas e suaves para não magoarem os putos quando andarem a jogar à bola com eles no recreio;
  • Pesa apenas 1,45 Kg, peso esse que nem se notará quando adicionado aos 45 kg dos manuais escolares.

Em relação ao custo deste PC, pelos vistos fica a custo zero para as crianças mais necessitadas, para as crianças com 2º escalão, ficam a €20 e para os mais ricos fica a €50. Quando soube destes valores fui logo tentar descobrir qual era o custo de produção de cada unidade e vim a saber que era de €180! Onde é que eu já vi disto? Ah, já sei, foi numa feira no outro dia… estava lá um gajo a vender um portátil que segundo ele custava nas lojas €1000 e ele aceitava 100 em notas de 50. Ele queria desfazer-se do portátil para conseguir curar uma “comichão” que ele tinha, que presumo eu, fosse causada por alguma reacção alérgica à seringa que tinha no braço.

Esta medida de impingir portáteis aos putos todos do país vem, segundo Sócrates, melhorar o ensino em Portugal para preparar as gerações vindouras para o que aí vem. Na minha opinião, esta medida só vai permitir que empresas que fabricam canetas, lápis, borrachas e afias abram falência porque as crianças nem chegam a aprender a escrever uma vez que desde os 6 anos de idade começam logo a mexer no teclado. Segundo um estudo feito por especialistas, alguns de renome, outros nem por isso, as pessoas começarão a ter tendinites e lesões na coluna um pouco mais cedo do que o habitual, ou seja, cerca de 80 anos mais cedo.

Segundo o governo, a próxima medida será dotar os fetos com um PDA logo no primeiro mês de gestação para conseguirem comunicar com as mães via WiFi. Desta forma será possível às mães saberem quando é que os bebés nascerão uma vez que a agenda nos PDAs poderá ser sincronizada com a agenda do Outlook dos computadores das progenitoras através do ActiveSync.

6 comentários:

Anónimo disse...

Carissimo,

Não sei que idade você tem, mas pelo que escreve parece que já passou em grande escala a meia idade.

Esses comentários minimalistas e depreciativos são de alguém que encara qualquer evolução tecnológica como uma barreira.

Acorde por favor... e evolua.

AindaPiorBlog disse...

São os comentários como estes (normalmente colocados pelo Sr. Anónimo) que me fazem continuar a piorar no que à minha escrita criativa se refere.

Em relação à minha idade gostaria de clarificar que tenho alguns anos, muitos dias e outras tantas horas…se voltar cá daqui a uma semana, a minha idade terá aumentado, se as minhas contas não me falham, 7 dias. Se passei ou não a meia-idade ainda não sei porque dependerá muito da divisão do total de anos que vou viver por dois. Aproveito para informar que, se o total de anos vividos for um número par, a meia-idade dará um número inteiro, caso contrário dará números inteiros, mas desta feita separados por vírgula.

Sim, numa coisa está certo, existem algumas evoluções tecnológicas que sem dúvida alguma encaro como barreiras e não aceito que me digam o contrário. Vou adicionar aqui um endereço onde poderá encontrar um exemplo:

Exemplo

Em relação ao processo de “Acordar”, informo que apenas acontecerá amanhã, logo depois de eu dormir... no que se refere ao processo de evoluir, vou ter que abrandar um pouco, uma vez que, com os rojões que comi hoje ao almoço, tive uma evolução de peso considerável! Tenho que fazer mais exercício.

Anónimo disse...

Tanta escrita e não disse nada de jeito... é a qualidade deste blog!

AindaPiorBlog disse...

Finalmente chegou o reconhecimento do meu esforço e dedicação para fazer o pior blog de todos.

Obrigado pelas suas palavras!

Carlos disse...

É so para dizer que sou fã deste blog... e o Sr. Anonimo que levou uma tanga dos diabos.... se eu fosse a ele nao punha ca mais os pes xD.

AindaPiorBlog disse...

Caro Carlos, obrigado por ser fã do Ainda Pior Blog. Aproveito para dizer que já somos 3, contando comigo e com o meu irmão.

Em relação ao Sr. Anónimo, espero que ele volte mais vezes! Este blog precisa dele...