segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Minaretes proibidos na Suíça



A Suíça fez um referendo relacionado com a colocação de minaretes nas mesquitas daquele país. Um minarete é uma estrutura alta que se ergue ao lado das mesquitas e que serve para chamar os fiéis muçulmanos para rezar. Onde é que eu já ouvi esta descrição? Tenho a certeza que na religião cristã também existe algo parecido… Já me recordo, são as torres das igrejas! Vejam a foto anterior onde podemos ver uma mesquita e uma igreja. Não me perguntem qual é qual porque não consigo ver as diferenças.

Acontece que as pessoas foram a votos e os minaretes foram proibidos, provocando uma onda de indignação junto da comunidade muçulmana. Depois não se queixem que existem atentados terroristas… Se tivessem explicado às pessoas que um minarete é apenas uma torre de igreja e não algo que deriva da palavra “mina”, sendo associado a actos de terrorismo, às tantas tinham deixado construir as torres.

Agora pergunto, quantos referendos existiram na Suíça que aprovassem ou rejeitassem a construção de torres de igreja cristãs? Torres essas, que por sinal, são também bastante incómodas já que de 15 em 15 minutos assinalam as horas com músicas emitidas pelos sinos/altifalantes e ainda emitem músicas de rancho nas festas populares. Tenho a certeza de que se alguém proibisse a construção de uma igreja ou torre, os cristãos efectuavam de certeza ataques terroristas, mas que nesta religião têm outro nome técnico: “Cruzadas”.

2 comentários:

Anónimo disse...

Q questãao ali amigo, que ali nao e um pais muçulmano e sim um pais cristao, na nossa casa permitimos aquilo que queremos, e um minarete incomoda demais, ja pensou todo dia o pessoal te chamando para adorar um deus maometano que voce tem conhece.... ridicula sua defesa

Carlos disse...

a questão é a falta de informação mesmo, não importa se o pais é cistão, judeu ou muçumano, mesmo que tivesse apenas 1 muçumano morando nesse pais, ele teria direito a sua religião, e seria mais do que justo construir uma mesquita e um minarete para ele. Deus é um só com vários nomes. Cada um tem o direito de escolher em que crê. RÍDICULO ESSA PROIBIÇÃO!!!!!