quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Refinar o civismo



Esta semana, milhares de trabalhadores ingleses do sector energético fizeram greves espontâneas devido à contratação de trabalhadores estrangeiros para trabalharem em Inglaterra (em Lindsey), na construção de uma refinaria para a Total. Os trabalhadores atingidos por estes actos xenófobos são de nacionalidade portuguesa e italiana. A empresa IREM, responsável pela construção da refinaria, chegou a um impasse e terá que fazer uma escolha de entre duas hipóteses possíveis, bastante proveitosas para a empresa: ou contratam ingleses preguiçosos e xenófobos que só fazem manifestações em lugar de trabalhar ou contratam portugueses e italianos que só querem trabalhar com ordenados mais baixos para sustentar as suas famílias? É bastante difícil esta decisão.

Pelo civismo e educação destes ingleses, tudo leva a crer que façam parte dos chamados hooligans (“claques” de futebol). Se continuarem com esta atitude, na próxima jornada da Premier League, os jogadores estrangeiros serão proibidos de jogar. Se reparamos com atenção, os melhores jogadores que jogam em Inglaterra até são ingleses, por isso não deverá haver problema…vejamos as estatísticas dos melhores marcadores:

1 comentário:

provocação disse...

Pois, o Cristiano Ronaldo tb lá anda a roubar lugar a algum inglês...não o quererão mandar embora?